Por que a atividade de cobrança está arruinando a eficiência do seu setor financeiro

Cobrança empresarial ineficaz? Descubra como esse erro pode diminuir o desempenho do seu setor financeiro.

Relações comerciais prejudicadas? Índice de inadimplência subindo? Esses são pontos críticos para sua empresa e, cuja origem, podem estar no seu setor financeiro. São as consequências de uma cobrança empresarial ineficaz.

Apesar dos vários problemas que podem atingir o seu setor financeiro, a desatenção ao realizar a cobrança empresarial pode custar caro não apenas no presente — mas especialmente no futuro do seu negócio.

Sem o controle correto, métodos bem planejados de acionamentos ou até mesmo critérios de avaliação de fornecedores de serviços de cobrança, o seu fluxo de caixa pode sofrer baixas.

O resultado é um efeito dominó de problemas, que afeta a sua capacidade financeira e, claro, cadeia produtiva.

Entenda mais sobre os problemas que a má cobrança empresarial pode ocasionar e comece a se planejar para evitar perdas!

Como a cobrança empresarial ineficaz pode prejudicar seu setor financeiro?

É importante entender que realizar a cobrança empresarial internamente não é uma tarefa simples. Funcionários encarregados da tarefa, mas sem experiência, podem se ver em maus lençóis caso conduzam a negociação erroneamente.

Além disso, é preciso conhecer métodos eficazes de cobrança. A forma com que seus funcionários abordam os clientes deve ser medida — e se possível, roteirizada.

As “cartas na manga” também são bem-vindas, como a possibilidade de oferecer melhores condições de pagamento para os inadimplentes. Dessa forma, você garante o fluxo de caixa e também conserva as relações comerciais.

Porém, tudo isso pode desmoronar caso a aplicação não seja eficaz e planejada.

Abaixo, listamos alguns dos problemas que a má execução da cobrança empresarial pode ocasionar ao seu setor financeiro, prejudicando toda empresa. Confira!

Processos emperrados por conta da cobrança ineficaz

Ao cometer falhas na cobrança empresarial, você corre o risco de prejudicar os próprios processos internos da empresa. Seja no financeiro, como — e principalmente — no setor produtivo.

Sem o fluxo de caixa devido, sua empresa passa a não ter capital para manter a produção e a compra de matéria-prima ou insumos com fornecedores.

No âmbito financeiro, não receber dos clientes acaba por afetar o pagamento dos próprios funcionários e das contas fixas (serviços de limpeza e segurança, benefícios e contratação de softwares).

Além disso, é importante lembrar que designar funcionários para realizar cobranças pode ser um dos problemas do setor. Afinal, em vez de cuidarem de tarefas rotineiras para a empresa, eles precisarão investir tempo na busca por contato com os clientes devedores.

Com isso, concluir seus processos se torna uma tarefa cada vez mais complicada.

Funcionários estressados

A cobrança empresarial ineficaz também é um processo que pode estressar seus funcionários, afetando seu desempenho geral.

O cenário mais comum que encontramos atualmente é, na maioria das vezes, os gestores financeiros tendo que abrir mão de uma parte considerável de sua mão de obra mais capacitada, para acompanhar os processos gerados pela rotina da cobrança.

Imagine, para o funcionário encarregado do contas a receber, um analista, por exemplo. Ter que gastar a maior parte do seu dia realizando processo burocrático como: contatar os devedores, negociar com cada um, emitir um boleto…

Enfim, o estresse pode vir — e prejudicar o andamento do departamento.

Soluções limitadas de negociação que abalam suas relações comerciais

Ao estabelecer os processos de cobrança empresarial, é muito importante ter as “cartas na manga”, como comentamos anteriormente.

No caso, falamos de oferecer condições especiais de pagamento para os devedores, como taxa de juros baixa ou o aumento de crédito para compras.

Essa é a uma ferramenta limitada, que deve ser usada com sabedoria para que você proteja seu fluxo de caixa. Porém, em casos extremos, é muito bem-vinda, pois garante a movimentação do seu fluxo de caixa.

Além de servir muito bem para manter as relações comerciais com os clientes, mostrando que você se importa com o momento financeiro de cada um.

Falta de controle que prejudica o planejamento

A gestão da cobrança empresarial é essencial para que o setor financeiro cumpra com o planejamento e atinja os indicadores de performance definidos.

A falta de controle na hora de realizar cobranças (prazos, critérios de negociação, valores, tempo de endividamento, etc.) acaba evitando que o setor se desenvolva.

Um mapeamento de necessidades deve ser feito, ações de melhoria sugeridas, para que então o setor financeiro entre nos trilhos e atinja os objetivos!

Se você identificou algum desses problemas em sua empresa, é importante rever seus métodos de cobrança empresarial. Sem planejamento e processos alinhados, é muito fácil prejudicar todo setor financeiro.

Uma solução recomendada, capaz de sanar todos esses gargalos, é a terceirização da cobrança empresarial.

Uma equipe inteira dedicada a realizar a sua cobrança. Tudo baseado em métodos consagrados, com abordagem impessoal, o que mantém suas relações comerciais intactas.

Quer entender como a solução se encaixa na sua realidade corporativa? Converse com a Intervalor! Para mais conteúdos sobre saúde financeira corporativa, continue de olho em nosso blog!